sábado, novembro 27, 2004

Boa vida, a desta direita

A Direita é parecida com Portugal. O nosso país é mais ou menos assim: gosta muito pouco dele próprio. Tem medo de parecer português. "Sim, sim, temos sol quase todo o ano, as nossas praias são as mais bonitas da Europa, temos duas casas, dois carros, jantamos fora três vezes por semana, mas este País não vai a lado nenhum…"

(A Direita e Portugal, n' O Acidental)

Percebo, enfim, porque sou de esquerda. Falta-me uma casa (duas se as alugadas não contarem), um carro e três jantares fora de portas por semana. Jantares fora de portas... Não sei porquê, mas isto não me soa nada bem.