quarta-feira, dezembro 01, 2004

Estamos muito felizes

Foi a frase que, de todas as que se disseram na televisão, guardei como emblemática do dia de ontem. Dita, imagine-se, por Jerónimo de Sousa. Mas não é de admirar. Afinal, Jerónimo é o único líder partidário que já provou que sabe dançar quando a ocasião o pede.