sábado, janeiro 15, 2005

Moeda de troca

É extraordinário. Jorge Sampaio pediu à China que tivesse compreensão para com as dificuldades da indústria têxtil portuguesa em competir com a chinesa. Qualquer coisa como a 2 pedir à SIC para ter compreensão com a sua dificuldade em ter audiências, esperando porventura que esta estação passe a regular a sua programação em função das audiências do segundo canal da RTP, ou o Benfica pedir ao Sporting para não se esforçar tanto para ganhar o jogo do passado fim de semana. Agora se percebe porque Sampaio se revelou tão compreensivo com o desrespeito dos direitos humanos na China. O que são as vítimas do regime chinês comparado com os nossos empresários e trabalhadores do sector têxtil? Nada mais que uma moeda de troca.