domingo, março 06, 2005

A função social de Margarida Rebelo Pinto

Ouvi a Margarida Rebelo Pinto na televisão dizer qualquer coisa como isto:

Os miúdos que vão para a faculdade pouco diferem dos analfabetos... Não estão preparados para pensar... Os livros ajudam as pessoas a pensar. (resumo feito de memória)

Percebo enfim a enormíssima função social da MRP. Os seus livros, por um lado, servem para alfabetizar os miúdos que vão para a faculdade sem saber ler nem escrever. São como que um livro de leitura da primeira classe para retardatários. Por outro lado, ainda os ajudam a pensar em coisas do tipo... sei lá... coisas do género... pá... tipo... a vida é do caraças, tás a ver?... Não há coincidências, percebes? Isto na vida somos todos uns artistas de circo, domas? É como ter alma de pássaro... Prontos. É isso, pá... Muita leve, meu... muita... muito fora... muito fora... Dá que pensar, não achas?...

4 Comments:

Blogger Rita said...

Sem palavras...(mas com uma enorme gargalhada).

9:09 da manhã  
Blogger Mariana Pereira da Costa said...

Não é nada disso. A MRP é uma das nossas maiores e mordazes escritoras. Aqueles livros estão cheios de significado e profundidade! Qual Eça, qual Platão, qual Nietzsche, qual Virgílio Ferreira? MRP supera-os a todos!

7:46 da tarde  
Blogger PF said...

A menina Margarida lá sabe em que Universidade estudou. Mas é sempre agradável ver um coisa... assim... sei lá... a escrever sobre a vida dos amigos.

6:37 da tarde  
Blogger Mariana Pereira da Costa said...

A menina Margarida estou na universidade da vida, que é a melhor escola!

9:38 da tarde  

Enviar um comentário

<< Home