terça-feira, junho 07, 2005

Instrumental

TENHO VONTADE DE ME EMBEBEDAR NA VERTIGEM DO MUNDO E DE CLAMAR TAMBÉM PELO FIM DA ORDEM DAS COISAS.
TENHO VONTADE DE MAIS NÃO TER QUE PENSAR, DE MAIS NÃO TER QUE SORRIR OU DE DIZER SIM.
APETECE-ME GRITAR BEM ALTO QUE SE FODA O MUNDO E AS SUAS CONCEPÇÕES SUBTERRÂNEAS.
ABRIR A PORTA E SAIR.
E NÃO VOLTAR.

2 Comments:

Blogger Pedro F. Ferreira said...

Vai, mas volta.

5:18 da tarde  
Blogger Cacusso said...

Já são dois!
Não sei se nisso estará o bem, se o mal... mas o facto é que ficamos sempre!!
Um abraço!

1:00 da tarde  

Enviar um comentário

<< Home