sexta-feira, junho 17, 2005

Portugal e os mouros

Para a grande História, aquela que vem nos livros, talvez fique o acto de dissolução do parlamento levado a efeito por Jorge Sampaio. Para a pequena história, aquela que nem sequer cabe nas notas de rodapé dos mesmo livros, ficará a visita que o chefe de Estado fará amanhâ à Cova da Moura. Nas circunstâncias actuais, podendo parecer um pequeno acto, é um grande acto. Um acto que, a fazer escola, pode ter mais repercussões positivas no nosso futuro colectivo que quaisquer medidas policiais. Assim seja...